Central de Atendimento à Mulher é um dos caminhos para o enfrentamento à violência #Ligue180

A Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, foi criada em 25 de novembro de 2005 para atender mulheres em situação de violência, tendo como principal objetivo possibilitar às mulheres o conhecimento sobre os seus direitos, os serviços disponíveis e a orientação do local onde poderia ser feito o registro da denúncia da violência sofrida

O 180 é um serviço atualmente oferecido pela Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos do Ministério dos Direitos Humanos (MDH), onde por meio de ligação gratuita e confidencial, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, no Brasil e em outros 16 países.

Além de registrar denúncias de violações contra mulheres, encaminhá-las aos órgãos competentes e realizar seu monitoramento, o Ligue 180 também dissemina informações sobre direitos da mulher, amparo legal e a rede de atendimento e acolhimento.

Por meio desses canais podemos realizar os seguintes registros:

  • Informações: atendimentos nos quais são disseminadas orientações sobre os direitos das mulheres ou ações que as beneficiam.
  • Denúncias: os registros de violência contra a mulher são devidamente encaminhados para os órgãos competentes, que realizam os devidos procedimentos.
  • Reclamações: manifestações de insatisfação sobre a atuação de algum órgão ou agente público, no que diz respeito ao atendimento às mulheres.
  • Sugestões e Elogios: as sugestões e elogios recebidos são encaminhadas aos órgãos competentes.

 

Que informações são necessárias para registrar uma denúncia no Ligue 180?

  • Quem sofre e/ou sofreu a violência? (vítima)
  • Quem pratica e/ou praticou a violência? (suspeito)
  • O local onde ocorre e/ou ocorreu a violência? (rua, quadra, número, bairro, zona, município, UF, ponto de referência, etc)
  • O endereço da vítima e do suspeito. (rua, quadra, número, bairro, zona, município, UF, ponto de referência, etc)
  • Descrição do que ocorre e/ou ocorreu. (violência, data, horário, local, situação da vítima, se algum órgão foi acionado, e outras informações que julgar relevantes)

 

Quem pode utilizar o serviço do Ligue 180?

Qualquer pessoa, no Brasil e no exterior.

 O Ligue 180 recebe denúncias anônimas e/ou sigilosa?

Sim. Nenhum dado pessoal do denunciante é divulgado.

O que acontece após o registro da denúncia?

A denúncia será tratada e encaminhada aos órgãos competentes para as devidas providências. Você pode acompanhar o andamento pelo telefone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *