Projeto da Secretaria de Educação levará os três poderes para dentro das salas de aula

Alunos dos quintos anos das escolas municipais terão conteúdos relacionados à estrutura do Estado Brasileiro em sua grade curricular. Ontem, 17, o projeto foi oficialmente apresentado pelo Departamento de Cultura às diretoras e coordenadoras da rede municipal.

O projeto da Secretaria Municipal de Educação e Cultura pretende levar representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Município para conversas com os estudantes. As atividades serão executadas em parceria com a Câmara Municipal e o Tribunal de Justiça do Paraná (Comarca de São Mateus do Sul). Na apresentação do projeto, estiveram presentes também o prefeito Clovis Ledur, acompanhado da Secretária Municipal de Educação e Cultura, Dinéa Gugelmin Distéfano e do diretor de Cultura do Município, Heliton Lugarini; o vereador Luiz Cesar Pabis; e o juiz André Olivério Padilha, representando o Tribunal de Justiça.

“A ideia é fazer com que as crianças desde cedo entendam a estrutura do Estado”, explica o diretor do Departamento de Cultura da Prefeitura, Helinton Lugarini. “Isso vai fazer com que saibam futuramente em quem votar, o que cobrar e de quem cobrar seus direitos. Cada aluno vai receber apostilas que vão trazer de forma lúdica e adequada como funciona nossa democracia”.

Além das atividades em sala de aula, os estudantes poderão realizar atividades práticas, como simulação de júri, onde casa aluno exercerá uma função, do réu ao juiz. O material referente ao poder Judiciário será a apostila “Cidadania e Justiça Também se Aprendem da Escola”, elaborada pela Associação dos Magistrados Brasileiros e que leva o conceito de Justiça para as escolas brasileiras desde 1993.

“Essa é uma oportunidade maravilhosa de combater uma das grandes deficiências que afeta todo o país, que é a carência de cidadania e de conhecimento sobre política e sobre o Estado”, explica o prefeito Clovis Ledur.  “Essa aproximação entre os três poderes e a população é essencial para uma sociedade verdadeiramente mais democrática”

“A visão sobre a classe política está distorcida”, opina o vereador Luiz Cesar Pabis. “Esse projeto tem o grande desafio de abrir a mente das crianças em relação à função dos governos, dos vereadores e da importância da atuação política para a melhoria de tudo que afeta a coletividade”.

Câmara Mirim define Mesa Executiva e vereadores fazem primeiros requerimentos

+ Vereadores mirins tomam posse em São Mateus do Sul

Siga a Prefeitura nas Redes Sociais!
    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *