Na Água Branca, Ledur esclarece trâmite para restauração da igreja centenária

O prefeito de São Mateus do Sul, Clovis Ledur, se reuniu na manhã de domingo, 10, com moradores da comunidade da Água Branca, no interior do município, para prestar esclarecimentos sobre o andamento do projeto de restauração da igreja centenária da comunidade, um dos cartões postais da cidade.

O encontro estava agendado desde o ano passado e dá continuidade a uma série de reuniões, discussões e ações da prefeitura com a comunidade e que têm objetivo de viabilizar a restauração da igreja. O projeto, elaborado pela prefeitura e já licitado, está em fase de captação de recursos via Lei Rouanet.

Segundo o prefeito Clovis Ledur, a principal dificuldade para a captação dos recursos necessários para a execução da obra (cerca de R$ 1,6 milhão) foi que a igreja ainda não havia sido tombada patrimônio – nem mesmo a nível municipal. “A igreja já deveria ter sido tombada como patrimônio há muitos anos. Assim, a restauração já poderia ter acontecido. Tivemos que correr atrás dessa documentação para que, agora, possamos conseguir os recursos necessários para a restauração”.

Já tombada como patrimônio municipal e estadual, a Igreja da Água Branca aguarda agora a avaliação do Ministério da Cultura para o tombamento federal no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), órgão ligado ao Governo Federal.

Recepção típica emociona comitiva polonesa na escola de Dois Irmãos

+ 22ª Tradycje Polskie: Uma cidade em vermelho e branco

Leia mais notícias sobre Cultura

Siga a Prefeitura nas Redes Sociais!
    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *