Luiz Adyr participa do lançamento da terceira etapa do programa Paraná Saudável

O Paraná Saudável, programa do Governo do Estado que busca estimular crianças e adolescentes a adotarem hábitos saudáveis a fim de evitar o excesso de peso e a obesidade, foi lançado na tarde de terça-feira (15), no Palácio Iguaçu, em Curitiba. O programa envolve as secretarias de Estado da Saúde, Esporte e Turismo e Educação.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Nardi, nesta fase, haverá distribuição de folders e cartazes da campanha sobre alimentação e atividade física, além da apresentação dos manuais do projeto em eventos, atividades escolares e quadras de esporte. “Vendo que a obesidade é o mal do século, nos sentimos na obrigação de unir esforços e promover esse trabalho de educação de nossas crianças e adolescentes, para que possam criar bons hábitos hoje e serem adultos mais saudáveis no futuro”, disse.

Segundo o prefeito Luiz Adyr, o município irá trabalhar em conjunto com o Governo do Estado para promover, juntamente com as secretarias de Saúde, Educação e Esportes do município, discussões sobre esse tema tão importante. “Queremos informar, alertar e cuidar do futuro dos são-mateuenses. Vamos estimular as crianças e adolescentes a se alimentarem melhor e terem mais saúde. Dessa forma, toda a família ganha”, disse o prefeito.

 

SOBRE O PROGRAMA

A primeira etapa do Programa Paraná Saudável foi iniciada em 2011 com uma pesquisa da Secretaria do Esporte junto aos estudantes do Paraná sobre hábitos alimentares e atividade física. Em 2012, a Secretaria da Saúde firmou convênio com o Ministério da Saúde para produzir uma campanha educativa sobre o tema e para a produção de manual do professor e cartilhas aos alunos.

Entre 2012 e 2014, as equipes técnicas das três secretarias estaduais envolvidas desenvolveram os conteúdos para os manuais do professor, dirigidos ao ensino infantil, fundamental e médio.

A segunda fase do Paraná Saudável foi lançada em abril de 2017, com a instituição da Política Estadual de Promoção da Saúde. No final do ano teve início a campanha de mídia sobre o tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *